Mulheres e chatbots

Mulheres e chatbots

Um resumo sobre o nosso Chatbot Brasil Meetup na Creditas.

Queria agradecer a Maria Luísa Cantadori e a Creditas por receberem, apoiarem e acreditarem na comunidade. #gratidão 🙌

Como muita gente sabe, ou pior, talvez nem todo mundo perceba, existe uma disparidade na participação de mulheres no mundo da tecnologia — e considerando que chatbots também são parte da tecnologia, esse cenário não é diferente:

O nosso último meetup de março foi para falar sobre isso e também um convite para refletir e conversar sobre mulheres e chatbots — contamos com a facilitação de duas mulheres incríveis; e como podemos criar um ambiente mais convidativo para inclusão e igualdade de gênero.

Além disso, também discutimos sobre as dificuldades e problemas dos chatbots em relação de gênero. Considerando que a língua portuguesa é predominantemente machista, existe um grande desafio em relação aos conteúdos / conversas que são criadas para os chatbots:

O “bem-vindo” não é bem-vindo! Um ensaio inicial sobre flexões de gênero nas interfaces. — Yasmim Costa

No fim, foi uma noite com muita participação do público e engajamento de todas as pessoas presentes durante o nosso fishbowl — um formato de debate diferente e que vamos repetir mais vezes ao longo do ano.

Foto do pessoal que participou do meetup.

Como foi o encontro? Quem palestrou? Tem slides?

Veja na nossa transmissão do meetup — começando por volta dos 8min:

Em caso de dúvidas, encorajamos entrar em contato com o pessoal pela comunidade ou até mesmo chamando no privado — e sim, links para slides e apresentações estão no decorrer do post. 😉

💬 Como construir um dataset para criar o seu chatbot

👩🏻 Bárbara Barbosa →

Data Scientist na Creditas.

Slides / apresentação (Google Slides) →

“O modelo generativo é muito preocupante para uma empresa que se preocupa com a imagem dela. Se eu tenho um bot que responde um português nada a ver é um risco para a imagem da empresa, pois o bot pode responder com um português errado. Por isso, é recomendado usar um modelo retrieval ao invés de um generativo.”

💬 10 boas práticas na construção de conteúdo e personalidade para chatbots

👩🏻 Camila Canonici 

Sênior UX Designer e Especialista em Interfaces conversacionais.

Slides / apresentação (em pdf) →

“Você transformar apenas uma FAQ numa conversa, ou melhor um par de perguntas e respostas, é uma coisa muito fria. A gente quando conversa, assim como qualquer outra comunicação, precisa de empatia.”

Foto com o pessoal no final do meetup.

Agradecemos a sua presença (física ou digital) em mais um dos nossos encontros. 🙌

Caso você tenha interesse em nos ajudar a melhorar esses encontros, seja palestrando ou apoiando, só falar com a gente, belê? #GiveFirst

Curtiu? Não esqueça de 👏👏👏👏👏👏

Chatbots Brasil é uma comunidade de pessoas interessadas em Bots, Interfaces Conversacionais, Inteligência Artificial e assuntos relacionados.

Chatbots Brasil Meetup no CUBO (dez/2017).

Veja como fazer parte:


Mulheres e chatbots was originally published in Bots Brasil on Medium, where people are continuing the conversation by highlighting and responding to this story.

“Mulheres e chatbots” Posted first on ” UX on Medium “
Author: Caio Calado

Author: Pawan Kumar

Leave a Reply

Close Menu
%d bloggers like this:
Skip to toolbar